Surama Jurdi

Carregando...

Novo CEO da IKEA tem como objetivo móveis "ainda mais acessíveis" à medida que os hábitos mudam.

Novo CEO da IKEA tem como objetivo móveis "ainda mais acessíveis" à medida que os hábitos mudam

by Suram Jurdi
Novo CEO da IKEA tem como objetivo móveis

A IKEA constatou que os clientes estão menos dispostos a ir até seus armazéns fora da cidade e levar a mobília econômica para casa.

Novo CEO da IKEA tem como objetivo móveis "ainda mais acessíveis" à medida que os hábitos mudam

"Acho que poderíamos ampliar um pouco a gama de produtos em nossa faixa de preço mais baixa", disse Abrahamsson Ring, acrescentando que novos materiais, técnicas de produção e métodos de distribuição ajudariam a tornar a IKEA "ainda mais acessível".

 

IKEA nomeou Jon Abrahamsson Ring como sucessor de Torbjorn Loof para ser o novo executivo-chefe da maior marca de móveis do mundo na terça-feira, à medida que se adapta às mudanças sísmicas nas compras.

Abrahamsson Ring disse à Reuters que não estava planejando nenhuma mudança na estratégia de Loof, com preços baixos, acessibilidade e sustentabilidade no topo de sua agenda.

"Com uma nova direção da IKEA e um sólido sistema de franquia, é um bom momento para Torbjorn assumir a responsabilidade", disse Anders Dahlvig, presidente do Grupo Inter IKEA.

A Inter IKEA é uma franqueadora de lojistas, da qual o Ingka Group é o maior, e gerencia o design e o fornecimento. Ele gera a maior parte de sua receita vendendo produtos para seus 
varejistas .

Abrahamsson Ring, que administra a divisão de franquias da Inter IKEA, assumirá o cargo em setembro. Ele voltou à IKEA, onde trabalhou de 1998 a 2008, em 2017.

"Acho que poderíamos ampliar um pouco a gama de produtos em nossa faixa de preço mais baixa", disse Abrahamsson Ring, acrescentando que novos materiais, técnicas de produção e métodos de distribuição ajudariam a tornar a IKEA "ainda mais 
acessível ".

O analista da Kantar Retail, Ray Gaul, disse que Loof, que é CEO desde 2013 juntamente com o grupo de empresas e fundações que compõem a IKEA há três décadas, supervisionou algumas das maiores e mais complexas transformações da IKEA.

A IKEA constatou que os clientes estão menos dispostos a ir até seus armazéns fora da cidade e levar a mobília econômica para casa, optando por fazer compras on-line e obter suas mercadorias entregues.

Ela respondeu impulsionando sua oferta digital bem como outros serviços e está lançando novas e mais acessíveis lojas e showrooms de formato menor nas cidades.

Loof disse que vê as vendas crescendo neste ano fiscal à medida que o comércio on-line se expande, mas os lucros serão moderados pelo aumento do investimento, à medida que o grupo luta para ficar à frente de rivais como 
Amazon e Home24 .

SOLUÇÕES MOBILIÁRIAS

Uma mudança para a "economia da experiência" significa que a IKEA terá que "alcançar compradores em áreas urbanas, conectar a IKEA às 
plataformas de comércio eletrônico , encontrar maneiras de facilitar a imaginação de como uma sala de estar pode parecer após uma reforma e muito mais ", disse Gaul.

A redução do poder de compra de alguns grupos da Europa e da América do Norte é um grande potencial para a IKEA, assim como o crescente poder de compra nos mercados emergentes, disse Abrahamsson Ring. "Vimos que, para muitos, o preço continua sendo uma barreira para ter boas soluções de decoração ... não apenas para mercados como China ou Índia, mas também em nossos mercados mais maduros, onde o custo de vida aumentou mais do que a renda", disse ele. Loof disse que deixaria a IKEA, e que durante seu tempo no comando aumentou o número de franqueados e expandiu a marca para cerca de 15 novos mercados, mas não descartou o retorno em um dia.

 

Fonte: Reuters

Artigo escrito por: Anna Ringstrom

Traduzido pela Equipe Surama Jurdi