Surama Jurdi

Carregando...

CEO da Disney diz que não sabe quando os parques domésticos reabrirão.

CEO da Disney diz que não sabe quando os parques domésticos reabrirão

by Suram Jurdi
CEO da Disney diz que não sabe quando os parques domésticos reabrirão

A Magia não pode parar! Disney anuncia retorno gradativo tendo a Segurança como princípio.

CEO da Disney diz que não sabe quando os parques domésticos reabrirão


O CEO da Walt Disney Company, Bob Chapek disse hoje que os ingressos para o parque da Disney de Xangai, na China, que reabriu hoje após três meses fechado devido ao novo corona vírus, estão esgotados até o fim da semana. O executivo também confirmou a abertura do complexo comercial da Disney Springs, em Orlando, na próxima semana, mesmo que ainda esteja indefinido quando os parques domésticos reabrirão. Em entrevista ao canal de televisão CNBC, o executivo contou que espera aumentar a capacidade do parque de Xangai em 5.000 visitantes a cada semana. Para o CEO, o aumento gradual de visitantes no parque, que suporta até 27 mil pessoas, garante a saúde das pessoas e a empresa prefere que o processo seja “lento e estável”.

O executivo ainda disse que não está claro quando os demais parques domésticos serão reaberto, já que depende de decisões das autoridades estaduais e locais. “Queremos abrir o mais rápido possível em todo o mundo, mas faremos isso de maneira responsável. Queremos que nosso elenco volte ao trabalho o mais rápido possível. Acho que é um bom sinal de que a Disney Springs [complexo comercial] será aberta em Orlando [20 de maio]. “Chapek disse que assim como os parques temáticos, há muita “demanda reprimida” por lançamentos de filmes e confirmou que o live-action de “Mulan” será lançado no dia 24 de julho. “Nesse caso em particular [do live-action de Mulan], acho que pode ser gerenciada [a questão do distanciamento]. Acho que caberá a nossos expositores com quem fazemos parceira. Acho que é uma data de lançamento muito boa para esse título em particular”. Na última semana, Chapek chegou a dizer que a empresa precisaria repensar as estratégias de lançamento dos filmes devido à covid-19. Ao comentar sobre o canal de esportes ESPN, o CEO disse que os telespectadores podem esperar que os programas ao vivo retornarão em breve. “Não vou comentar sobre nenhuma delas [ligas] especificamente. Mas estamos trabalhando muito de perto com uma variedade de cenários que trarão esportes ao vivo de volta”, disse ele.

FONTE: UOL ENTRETENIMENTO