Surama Jurdi

Carregando...

Assaí e Compre Bem passam a aceitar pagamento via QR Code.

Assaí e Compre Bem passam a aceitar pagamento via QR Code

by Suram Jurdi
Assaí e Compre Bem passam a aceitar pagamento via QR Code

Assaí e Compre Bem passam a aceitar pagamento via QR Code

Os clientes Assaí Atacadista e Compre Bem já podem utilizar a tecnologia QR Code para compras nas lojas das redes. A nova forma de pagamento está disponível nas 169 lojas Assaí em todo o Brasil e nas 28 unidades Compre Bem no Estado de São Paulo, e oferece mais uma alternativa de pagamento sem contato para os consumidores.

As empresas firmaram parceria com a PicPay, fintech brasileira responsável pelo aplicativo de pagamentos instantâneos à distância de mesmo nome. A iniciativa traz mais praticidade para os clientes das duas bandeiras e reduz a necessidade de contato com dinheiro e terminais de pagamento, as chamadas maquininhas de cartão.

No Estado de São Paulo, a nova modalidade de pagamento com o PicPay permitirá que os consumidores possam, inclusive, utilizar o auxílio merenda – benefício do governo estadual destinado a alunos da rede pública – para o pagamento das compras nas lojas das duas bandeiras.

Para utilizar o aplicativo, o consumidor deve informar, no caixa, no momento do pagamento, a opção pelo PicPay. O sistema irá gerar, então, um QR Code, visível na tela do caixa. Para finalizar a compra, o cliente deve escanear o código com o seu próprio aparelho celular. Toda a transação é realizada em segundos e não há custo adicional para o uso da tecnologia. O método de pagamento não é válido para os postos de combustível das redes.

Entre outras medidas preventivas ao Covid-19, as lojas Assaí Atacadista e Compre Bem redobraram os cuidados com a limpeza, seguindo as recomendações das autoridades e dos órgãos de saúde. As unidades possuem, ainda, protocolos de acesso para evitar aglomerações e sinalizações nas áreas internas e externas das lojas sobre as práticas recomendadas durante as compras, como manter distância de pelo menos um metro dos demais clientes e, sempre que possível, optar que apenas uma pessoa da família seja responsável pela ida ao mercado.

 

FONTE: NEW TRADE